Search

A DIVERSIDADE, O TALENTO E A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL



A revolução industrial que estamos atravessando (já passamos a algum tempo da metade!) é extremamente tecnológica e está preponderantemente nas mãos de americanos e chineses.

De 1990 para 2020 a tecnologia avançou de forma dramática.


Tocou o “barata voa“ e o mundo corporativo de uma hora para outra começou a analisar a “experiencia do consumidor“, e o perfil de comportamento das gerações X, Y, Z, W...

Nada contra!!!


Passado o primeiro sapeca iá-iá, dá para acalmar e refletir que o homem sobre a Terra está fundamentalmente preocupado (sobretudo as gerações X, Y, Z, W...) com a sustentabilidade do planeta?


E mais, dá para entender que eles (os X, Y , Z, W...) não foram minimamente treinados em visão estratégica de negócios, e mercado propriamente dito? (mercado - aquela arena onde o C Level coloca diariamente a cabeça à premio).

Dá para entender que de 90 para cá houve um burral gap de lideranças nas cadeias corporativas e aquelas características que algum infeliz resolveu batizar de “soft skill” passaram a ter sua importância (grande) meio que relegada?


Quem investe na formação de líderes?


Hora de fazer o caminho de volta. Chamem os grisalhos!!!

5 views0 comments

Recent Posts

See All